O que é Recruitment Marketing? Como aplicá-lo na atração de talentos

O que é Recruitment Marketing? Como aplicá-lo na atração de talentos

O que é recruitment marketing?

O Recruitment Marketing é a estratégia que permite conquistar o candidato da mesma forma como o Marketing conquista um cliente.

Encontrar o candidato ideal para uma vaga pode ser um grande desafio para recrutadores e Headhunters, entretanto para ajudar nesse processo o seu negócio poderá contar com a ajuda do marketing.
Pelo processo tradicional quando surge uma vaga é feita uma divulgação e diversos candidatos enviam um resumo das suas habilidades para demonstrar que são capazes de realizar a função disputada.

Após a análise dos currículos são feitas as entrevistas e posteriormente a seleção.
O marketing chega para otimizar o processo inicial e trazer uma maior variedade de talentos, ansiosos por fazer parte da organização e com muito interesse na vaga.
Quer conhecer melhor essa estratégia? Então nos acompanhe e descubra tudo o que ela tem para oferecer ao seu processo seletivo.

O que é Recruitment Marketing?

O Recruitment Marketing, também conhecido como Marketing de Recrutamento, é uma estratégia que se encarrega de atrair ótimos talentos para a organização.

Assim como o marketing conquista clientes, o Recruitment Marketing conquista candidatos. Dessa forma, é possível chamar a atenção de profissionais talentosos para que desenvolvam o interesse de fazer parte da empresa

O Marketing de Recrutamento utiliza técnicas para atrair, engajar e nutrir novos talentos, oferecendo ótimas experiencias e estimulando sua candidatura para as vagas da organização, sejam existentes, sejam futuras.

No lugar de concentrar todos os esforços na divulgação das vagas, a estratégia trabalha a marca como objeto de desejo para os talentos, dando ótimos motivos para se candidatar para trabalhar nela. Dessa forma, serão os profissionais que estão à espera da vaga e não ao contrário.

Ao ler esta definição o Recruitment Marketing pode se confundir com o Employer Branding. Apesar de que as duas estratégias podem resolver o mesmo problema, têm as suas diferenças.

Qual é a diferença entre o Marketing de Recrutamento e o Employer Branding?

O Employer Branding tem o objetivo de trabalhar a marca como uma empregadora forte. Constrói a imagem de uma marca como o lugar ideal para trabalhar e está baseado nos valores e na missão da empresa.

Por outro lado, o Recruitment Marketing se encarrega de promover essa imagem, utilizando uma grande variedade de conteúdos com foco indireto no recrutamento. Essa estratégia se adéqua às tendências de mercado para divulgar a imagem do negócio construída pelo Employer Branding e atrair aos futuros candidatos.

Como aplicar o Recruitment Marketing na atração de talentos?

Para aplicar o Recruitment Marketing o primeiro passo é pensar no candidato como se fosse um cliente e para isso nada melhor do que o RH unir forças com o departamento de marketing

Realizar essa estratégia em conjunto é fundamental para seu sucesso, então, veja agora por meio de que práticas poderá aplicá-las.

Criar um funil de marketing

O funil de marketing é um modelo que representa a jornada do cliente — nesse caso será do candidato — desde o momento em que tem o primeiro contato com a organização até que se candidata a uma vaga.

Esse funil permite criar uma estratégia que direcione os talentos pelas 3 etapas até chegar no seu objetivo.

Atrair os talentos

Uma vez que se sabe qual é o caminho que o usuário deve seguir desde seu primeiro contato até se candidatar a uma vaga, são definidos os meios que se utilizarão com esse fim.

Nesse momento é possível atrair os talentos com conteúdo do seu interesse que os leve a querer trabalhar na organização. Outra ação pode ser feita também com as redes sociais da marca, especialmente o LinkedIn, a maior rede profissional de hoje. Além disso, podem ser feitas ações em diferentes sites de carreira.

É fundamental saber em que canais é possível encontrar os talentos que se estão procurando, só assim poderão se otimizar os esforços.

Segmentar os talentos para um bom recruitment marketing

Para começar um relacionamento, primeiro é necessário fazer uma segmentação. A segmentação pode ser feita por região, área de interesse ou curso de graduação, por exemplo.

Só após termos feito isso, será possível falar com eles de forma personalizada, otimizando o efeito da estratégia.

Começar o relacionamento

Agora que os talentos estão segmentados começaremos o relacionamento baseado nos seus interesses. Isso é fundamental para captar a sua atenção e fazê-los se aproximar à conversão.

Esse relacionamento pode continuar por meio dos conteúdos do blog da empresa, as suas redes sociais e, quando o talento já avançou no funil de vendas e entregou o e-mail, por meio do e-mail marketing.

Nutrir seu público

A nutrição tem como objetivo manter o relacionamento com o talento a longo prazo. Uma vez que a ideia é manter o profissional encorajado para que sua organização sempre fique no radar dele, após, inclusive, de uma candidatura frustrada.

A melhor forma de nutrir os talentos é utilizando o e-mail marketing. Com esta ferramenta é possível compartilhar com eles conteúdo do seu interesse e incluso educá-los com a cultura organizacional de empresa. Dessa forma, além do trabalho de captação de talentos, é possível formar os futuros profissionais com os valores da organização.

O marketing conta com diversos recursos que permitem atrair, educar e engajar os melhores talentos para convertê-los em candidatos preparados para fazer parte da sua empresa. Além disso, com essa estratégia eles chegam motivados para fazer um bom trabalho e o processo de adaptação resulta muito mais simples. Uma vez que, com todos os conteúdos aos que eles tiveram acesso, eles já conhecem a cultura organizacional do negócio.

Se a sua organização ainda não trabalha o Recruitment Marketing, saiba que vale muito a pena investir nele. O custo da estratégia é muito baixo em relação a todos os benefícios que pode trazer para o negócio.

O marketing pode colaborar com a gestão de pessoas, mais do que você imagina. Quer saber mais? Então lhe convido a ficar mais um tempo conosco e ler o nosso artigo sobre Endomarketing, assim poderá descobrir como melhorar a gestão de talentos com essa prática

Matheus Gomes
CPO e Co-fundador

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *