Press "Enter" to skip to content

Análise comportamental DISC: o que é e dicas essenciais

Davi Samuel Valukas Lopes 0

“Há uma infinidade de comportamentos que parecem ridículos e cujas razões ocultas são muito sábias e muito sólidas”. François de la Rochefoucauld, filósofo moralista francês 

Antes de analisarmos quais são os benefícios da análise comportamental DISC, vamos entender como surgiu a ideia de se avaliar o comportamento dos colaboradores.

Desde que a Psicologia passou a integrar o ambiente organizacional como uma área de apoio ao Departamento Pessoal e ao RH, inúmeros estudos vêm sendo realizados no sentido de aprimorar a gestão de pessoas e, com isso, otimizar os resultados operacionais. 

Como motivar os colaboradores para que eles entreguem melhores resultados sem que isso pareça uma mera obrigação? Como diminuir o turnover, o absenteísmo e a falta de empenho das equipes? 

Tudo isso levou a uma evolução da forma como as empresas lidam com o capital humano. 

Nesse artigo, nós vamos abordar uma dentre tantas teorias comportamentais, que na verdade é uma metodologia de avaliação e análise, o DISC, pois se trata do método mais aceito pelo mercado atualmente. 

Análise comportamental DISC

O que é DISC?

A metodologia DISC foi desenvolvida na década de 1920 pelo psicólogo americano William Marston, que em 1928 lançou um livro chamado As emoções das pessoas normais, que contém as bases teóricas do método.

A partir da leitura da obra de Marston, o pesquisador Walter Clark desenvolveu os conceitos práticos que são utilizados ainda hoje na aplicação do DISC. 

A sigla DISC significa Dominância, Influência, Estabilidade (do inglês Stability) e Conformidade. 

É importante frisar que todas as pessoas possuem as quatro famílias neurológicas da sigla DISC. Trata-se de identificar o perfil dominante de cada indivíduo.

O grande diferencial do DISC está nisso: não enquadrar o ser humano em um único padrão, como se este fosse um robô programado para ser de determinada forma estanque, mas descobrir qual o perfil predominante daquele sujeito, dando espaço para indefinidas variações comportamentais, dado o fato de que o ser humano não é uma ciência exata. 

Continue comigo para desvendarmos a análise comportamental DISC!

Tecnologia no recrutamento e seleção

Como funciona a análise comportamental DISC ?  

Para se chegar ao resultado do DISC, a pessoa deve responder a um questionário com uma quantidade de questões que varia de teste para teste. 

As perguntas são um retrato da percepção que o sujeito tem de si mesmo, e ele deve escolher dois entre quatro itens, o que mais se identifica e o que menos se identifica. 

Exemplo:

Satisfeito, Entusiasmado, Ousado e Mediador.

Se o sujeito se considera muito entusiasmado e pouco mediador, escolhe as duas e descarta as opções “satisfeito e ousado”. Ao final do teste, o cruzamento das respostas aponta o perfil comportamental com base nas quatro famílias neurológicas que compõem a sigla da metodologia.

Outro fator importante a se explicar é que são dezenas de perfis possíveis conforme o índice de cada uma das famílias neurológicas. A quantidade de perfis também varia de teste para teste, mas há um certo padrão entre todos eles. 

Exemplos:

Especialista, Perfeccionista, Projetista, Inovador etc. 

Na próxima seção nós vamos conhecer a análise comportamental DISC desenvolvida pela Recrutei com base na metodologia DISC. Fique comigo até o fim da leitura!

Você já conhece a análise comportamental DISC Recrutest?

A Recrutei também possui uma análise comportamental DISC, o chamado Recrutest. 

O Recrutest é composto por 28 questões nos moldes citados na seção anterior. O tempo médio de preenchimento das questões varia entre 8 e 12 minutos, segundo estimativas. 

Quanto aos perfis comportamentais, são 16 possíveis. 

O Recrutest foi criado inicialmente para atender ao CIEE, Centro Integrado Empresa-Escola, parceiro da Recrutei que utiliza nossa avaliação comportamental em todo o Brasil. 

Posteriormente, dado o sucesso dos resultados, a Recrutei decidiu abrir o teste para todos os clientes de forma ilimitada, ou seja, todos os talentos da base podem realizar o teste sem nenhum acréscimo no valor do plano contratado. 

Resumindo, ao adquirir um plano da plataforma Recrutei, você tem acesso ao Recrutest, a nossa análise comportamental nativa, que pode inclusive ser utilizado como uma ferramenta de marketing de recrutamento, pois oferece uma ferramenta de avaliação comportamental com relatório de forma gratuita.

Os benefícios da análise comportamental DISC na seleção de líderes

A análise comportamental DISC também pode ser uma ótima ferramenta na seleção e formação de novos líderes. 

Líderes, de uma forma geral, precisam ser motivados, metódicos, disciplinados, abertos ao diálogo, entre outras características necessárias ao exercício da liderança. 

Gestão

Sendo assim, é possível identificar tais características através da aplicação da análise comportamental DISC, e mesmo que o indivíduo precise aprimorar esses aspectos através da leitura e dos estudos, a análise identifica se há uma propensão a isso identificando a qual dos perfis comportamentais o candidato pertence. 

Portanto, se você atua com o recrutamento de líderes e ainda não utiliza uma ferramenta como a análise comportamental DISC, não perca tempo e dê um upgrade em seus processos operacionais.  

A Recrutei é uma HRtech, como são chamadas as Startups que desenvolvem soluções tecnológicas para melhorar o fluxo do Recrutamento e aumento de resultados, confira o texto do nosso blog que explora melhor o tema das Hrtechs aqui

Um abraço

Gostou do texto? Acompanhe nosso blog para ler mais artigos como este!

Davi Valukas – Desenvolvimento de Canais     

Por isso eu te convido a continuar a leitura para entender quais os benefícios dessa análise comportamental. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *