Press "Enter" to skip to content

Fit Cultural: O que é e como analisar?

Pedro Paulo Silveira 0

Analisar o fit cultural dos candidatos durante o processo seletivo permite descobrir quais são os profissionais que estão alinhados com a cultura organizacional do negócio, resultando em contratações mais assertivas.

É bastante comum hoje em dia ouvirmos sobre a importância das contratações por Fit Cultural, e por uma boa razão.

Para quem está começando, não contratar por fit cultural pode aumentar os custos com salário da organização em até 60% – de acordo com um estudo da Sociedade de Gestão em Recursos Humanos.

Isso acontece quando inevitavelmente os contratados saem da empresa.

Além disso, colaboradores que possuem Fit Cultural com a empresa ficam mais tempo, trabalham com mais eficiência e são promotores do seu employer branding.

A busca por capital humano é um desafio para muitas organizações. Encontrar um profissional com conhecimentos e habilidades para realizar uma determinada função não é suficiente para garantir o sucesso da contratação. Os valores e ideais de um profissional devem ser compatíveis com a cultura da empresa. Mas como descobrir essa compatibilidade? Analisando o fit cultural do candidato!

Neste post falaremos sobre esse assunto tão importante dentro do processo seletivo, assim, você poderá fazer as suas contratações com maior eficácia.

O que é fit cultural e cultura organizacional?

Fit Cultural: O que é e como analisar?

Para entender melhor o que é fit cultural primeiro você tem que ter bastante clara a definição da cultura da empresa. Então, vamos começar com ela!

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional são os princípios que norteiam uma empresa. É o conjunto de valores, hábitos, atitudes e padrões que foi desenvolvido, não só pelos seus fundadores, mas também com a influência dos líderes e colaboradores.

É ela que vai orientar as ações do negócio, sua organização, a forma como se relaciona com os colaboradores e seu posicionamento no mercado.

Como você pode ver a cultura organizacional está presente em todos os setores da empresa e rege suas ações, por isso é importante que todos estejam envolvidos e alinhados.

Dentro de uma organização é possível que cada um dos setores tenha uma cultura organizacional com caraterísticas particulares. Isso quer dizer que além de seguir a cultura da empresa, como um todo, tem peculiaridades próprias da área.

Por exemplo, é comum que o marketing de uma empresa tenha um ambiente mais descontraído e um código diferente ao departamento jurídico, por exemplo. Apesar de que os dois setores têm os mesmos valores éticos e morais, alguns hábitos e padrões podem ser diferentes.

O que é fit cultural?

O fit cultural é o conjunto de valores, atitudes, competências comportamentais e objetivos de um profissional.

A análise do fit cultural de um candidato é importante porque dessa forma é possível identificar se é compatível com a cultura organizacional do negócio ou do setor para o qual está sendo contratado.

Um claro exemplo pode ser quando uma empresa bastante formal e tradicional procura um novo integrante para sua equipe. Eleger um profissional que prefira um ambiente mais informal, com flexibilidade de horário e sem código de vestimenta pode ser uma escolha não muito acertada, mesmo que o candidato tenha as competências técnicas, experiência e habilidades requeridas para o cargo.

Analisar o fit cultural do candidato permite escolher um profissional alinhado com a cultura da empresa, trazendo melhores resultados no dia a dia.

No entanto, uma coisa é falar sobre contratar usando Fit Cultural, a outra, completamente diferente é saber o que isso realmente significa. Então, para começar, vamos utilizar a definição da Harvard Business Review sobre o tema:

“Fit Cultural é a capacidade que alguém tem de refletir e se adaptar as principais crenças, valores da empresa, representando de forma fiel a cultura organizacional.”

Seus colaboradores são o seu maior ativo. Sem eles, é impossível criar produtos que o mercado está disposto a comprar – ou serviços que farão diferença.

Sabendo disso, é essencial a contratação utilizando essa metodologia.

Nenhuma empresa quer despender toneladas de tempo e recurso contratando pessoas que simplesmente não se adaptam ao dia-a-dia da empresa e sua cultura.

Principalmente quando você tem de forma bastante clara qual é a cultura da empresa. Para evitar esse problema, uma coisa que pode ser interessante é a aplicação de testes comportamentais no momento da contratação.

Recomendamos assistir até o final a entrevista feita pela Clave Consultoria com o José Roberto Daniello, Chief People officer na Alpargatas, sobre a importância do Fit Cultural.

Como fazer um teste de fit cultural na análise de um candidato?

como fazer um  teste de fit cultural

Para analisar o fit cultural de um candidato o primeiro passo é conhecer a cultura da empresa. Só dessa forma será possível saber qual é o perfil do profissional que devemos procurar. Sabendo isso o passo seguinte é a entrevista.

Como direcionar a entrevista?

A entrevista é o momento que temos para analisar o fit cultural de um candidato. Em uma entrevista semiestruturada, por exemplo, temos a liberdade de orientar a conversa por um caminho que permita conhecer melhor as caraterísticas pessoais do profissional que está sendo avaliado.

Dessa forma saberemos se o candidato tem o fit cultural que procuramos para a vaga em questão e se está alinhado com os valores da empresa de forma geral.

Outro recurso que pode ser utilizado durante a entrevista são as perguntas situacionais. Com elas podemos conhecer melhor o perfil comportamental do candidato sem perguntar diretamente o que queremos saber.

Para isso é melhor evitar as perguntas obvias, assim será possível ter respostas mais espontâneas e naturais. E lembre-se, para encontrar as perguntas adequadas que nos permitam obter as informações que precisamos é fundamental conhecer muito bem a cultura organizacional. Só assim poderemos encontrar profissionais com o fit cultural alinhado com a cultura da organização.

O que fazer fora da entrevista?

Obter informações complementares sobre o fit cultural de um profissional também é uma tarefa que pode ser feita fora da entrevista. Verificar o perfil das empresas onde o colaborador já trabalhou, por exemplo, pode nos dar informações sobre seu fit cultural, ainda mais, aquelas em que o período em que permaneceu foi maior.

Então o que exatamente contratar por fit cultural significa?

Basicamente significa que a empresa só irá fazer propostas no processo de recrutamento para candidatos que simpatizam com os objetivos, valores e desafios propostos pela empresa.

Como o fit cultural pode ajudar na retenção de talentos?

fit cultural na retenção de talentos

Quando se contrata um profissional com o fit cultural alinhado com a cultura do negócio, a sua integração ao novo ambiente se facilita. Além disso, o novo colaborador poderá trabalhar em uma organização compatível com as suas expectativas, fazendo seu dia a dia mais agradável.

Aqui na Recrutei valorizamos tanto isso, que um dos nossos colaboradores escreveu um artigo contando os seus maiores aprendizados numa cultura de startup.

À medida que o tempo passa e o colaborador está mais compenetrado na empresa é possível notar um ambiente com menos conflitos, visto que no processo seletivo de todos os colaboradores é considerado o fit cultural. Essa prática, além de otimizar a produtividade, evita atritos entre colegas de trabalho por incompatibilidade cultural.

A contratação por fit cultural auxilia na criação e manutenção de amizades entre colegas de trabalho. E isso é importante.

Segundo um relatório da Engagement Report, “colegas de trabalho” é o fator que mais pontua na categoria “O que você mais gosta no seu ambiente de trabalho?”.

Quando os colaboradores produzem no mínimo um amigo no ambiente de trabalho, eles ficam mais satisfeitos com a empresa – o que significa que eles têm menor chance de abandonar a empresa para ir trabalhar em outro lugar.

Pense no seu ambiente de trabalho. Você gostaria de estar todos os dias em um lugar no qual você não possui uma amizade?

Essa sinergia colabora na retenção de talentos, dado que os profissionais que têm um perfil compatível com o da empresa tendem a ficar mais tempo nela, reduzindo assim, a rotatividade.

Hoje em dia, grande parte dos profissionais busca oportunidades não só para satisfazer suas necessidades financeiras. Também prioriza outros fatores, como o ambiente de trabalho, a relação da organização com os colaboradores, suas políticas internas, etc. Isso quer dizer que os candidatos também procuram uma compatibilidade da empresa com seu fit cultural.

Entretanto, muitos deles não sabem avaliar essas caraterísticas antes de começar a trabalhar. Quando a organização também não faz essa análise, a incompatibilidade só será descoberta no dia a dia, ocasionando uma rotatividade muito maior.

Fit Cultural do Colaborador com os Valores da Empresa

fit cultura e valores da empresa

Por que as empresas gastam tempo definindo os valores da empresa?

É bem simples se pararmos pra pensar: estes valores refletem a identidade da empresa.

Além disso eles auxiliam nas tomadas de decisão e na atração de talentos. Podendo representar para a comunidade uma visão simples de como aquela empresa se porta.

Ao contratar por fit cultural, você aumenta drasticamente a chance de seus novos colaboradores “viverem” seus valores organizacionais. Além disso, torna muito mais fácil o cumprimento de metas.

Ao invés de você ter que ficar orientando cada colaborador sobre quais ações ele deve tomar, aqueles que possuírem fit cultural seguem a mesma direção da empresa. O resultado disso? Sua empresa atingindo as metas colocadas.

Fit Cultural e Prosperidade no Ambiente de Trabalho

fit cultural e ambiente de trabalho

Talvez você já tenha trabalhado em uma função ou empresa que não era a mais empolgante do mundo. Você provavelmente só fazia o que tinha de ser feito para ter o dinheiro na conta todo fim de mês.

A verdade é que, se você não acredita no propósito da empresa, dificilmente você irá desempenhar todo seu potencial. Isso diminui as chances da empresa como um todo atingir sua meta.

Para se tornar o melhor ambiente de trabalho possível, os colaboradores precisam saber o propósito de seu trabalho. E o mais importante: acreditar nele.

Quando os colaboradores possuem fit cultural, o trabalho é empolgante. Eles se sentem motivados com o propósito da empresa.

O que é bastante importante quando consideramos que a geração de millenials preferem aproveitar o trabalho do que fazer caminhões de dinheiro.

Obviamente sua empresa possui recursos finitos. Se deseja ter sucesso, é preciso utilizar estes recursos da maneira mais eficiente possível.

Uma vez que não conseguimos prever o futuro, não há como dizer se a sua contratação no processo seletivo vai afetar negativamente ou positivamente a sua cultura organizacional.

Mas possuir a mentalidade de manter o fit cultural da empresa pode auxiliar na manutenção e melhoria do ambiente de trabalho criado.

Por que você contrataria alguém que não se compromete com a cultura, decisões e objetivos da sua empresa? No mínimo, isso iria afetar o comportamento de outros colaboradores que estão engajados.

Não há sentido em simplesmente jogar o dado e deixar a sorte determinar a sua próxima contratação.

Essa atitude positiva é traduzida em ganho de produtividade. Uma vez que todos compartilham dos mesmos princípios, os colaboradores tendem a se ajudar muito mais para atingir uma meta.

Além disso, existe a tendência deles realizarem tarefas que estão fora do escopo delimitado.

Isso colabora para o brainstorming e novas iniciativas que podem se tornar lucrativas.

Conclusão

Alinhar o fit cultural do candidato com a cultura da empresa é fundamental para melhorar o dia a dia do negócio, aumentando a produtividade, melhorando o ambiente de trabalho e colaborando com a retenção de talentos a longo prazo.

Sendo assim, por que não dar maior atenção a esse detalhe e assim otimizar as contratações? Faça o teste, não vai se arrepender!

Quer melhorar ainda mais o seu processo de recrutamento e seleção? Então veja esse interessante artigo sobre como dar feedback para candidatos, você vai gostar!

Pedro Paulo Silveira (Co-Fundador & CTO)

Compartilhe esse artigo nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *