Press "Enter" to skip to content

Retenção de talentos da Geração Y: Dicas essenciais

Felipe Castro 0
Vídeo produzido pela Box1824, a partir de um estudo realizado sobre os Millenials

A atração e retenção de talentos é um tema sempre desafiador, em especial quando falamos das estratégias de retenção dos millenials (também conhecida como geração Y – aqueles nascidos no final dos anos 80 até o fim dos anos 90) implica em adaptações de algumas práticas corporativas.

Mas antes de enfrentar este grande desafio, e realizar essas mudanças, é necessário entender a mentalidade e os valores dessa geração.

Com isso em mente, apresentamos um retrato de como a geração Y se porta, para oferecer a equipe de Gestão de Pessoas uma visão holística de como ter uma boa retenção de talentos na sua empresa.

Retenção de talentos da geração Y: Em busca de novos desafios e desenvolvimento profissional

via GIPHY

A geração Y procura mais do que um trabalho do qual eles possam viver do salário.

Eles procuram estímulos e desafios que os motivem no ambiente de trabalho.

Eles buscam a todo custo evitar a rotina, em cargos que oferecem autonomia em algum nível.

Um senso comum (que é errado) é de que pessoas da geração Y não são leais a seus empregadores.

Mas é importante lembrarmos que muitas vezes eles preferem novas oportunidades dentro da empresa do que uma mudança de trabalho.

Sabendo disso, cabe ao gestor criar um plano de carreiras para aumentar a retenção de talentos a longo prazo.

Caso seu colaborador da Geração Y se sinta estagnado, provavelmente ele irá procurar oportunidades em outras empresas.

Além disso, a ideia de “prazo” para ser promovido da Geração Y é bastante curta. Geralmente um prazo de dois anos para a maioria dos jovens.

Dessa forma a empresa precisa projetar seu plano de carreira e pré-requisitos de forma que os jovens talentos sejam mantidos e motivados durantes este tempo.

Retenção de talentos da geração Y: A Importância do Reconhecimento

Pode parecer clichê, mas é verdade: reconhecimento constante faz diferença no ambiente de trabalho.

Como prova disso, cerca de 50% dos Millenials consideram deixar os seus trabalhos atuais por conta de falta de reconhecimento.

Eles gostam de saber que seu trabalho atende as expectativas, e que sua contribuição para a empresa realmente faz diferença

Atração

e retenção talentos da geração Y: Novas Formas de Trabalhar

via GIPHY

As pessoas da Geração Y estão pré-dispostas a trabalhar por um período de tempo maior do que a geração anterior.

Dessa forma, eles esperam que o ambiente de trabalho seja diferente. Isso inclui algumas pausas para cuidar da vida pessoal e possuir melhor qualidade de vida.

Além disso, a geração Y não quer ser forçada a sacrificar seus hobbies pelo trabalho.

Em outras palavras, a busca é pelo equilíbrio, e isso faz sentido, uma vez que você sabe que uma longa carreira espera por você. Além disso, é importante oferecer aos colaboradores metas diferentes ao longo do tempo, assim como flexibilidade dentro da cultura organizacional.

De maneira geral, a geração Y busca oportunidades de crescimento em empresas que possuem propósito claro e responsabilidade social.

Além disso, é preciso entender que para a devida retenção de talentos desse público é necessário uma cultura organizacional que valoriza a meritocracia e as metas atingidas. Dessa forma, você estará muito mais próximo de aumentar sua taxa de retenção de jovens entre 20 e 30 anos.

(O recrutamento de jovens talentos é uma de nossas especialidades. Então qualquer dúvida que tiverem, sintam-se à vontade para entrar em contato conosco. Temos certeza que podemos desenvolver uma parceria para solucionar seus problemas em Processos Seletivos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *