Press "Enter" to skip to content

Onboarding: Por que fazer? O que é? Aprenda estratégias

Paulo Rogério Lázari 0

A chegada de um novo colaborador exige uma preparação para sua fácil adaptação ao novo lugar de trabalho. O processo de onboarding ajuda nessa tarefa trazendo cada vez mais benefícios para sua organização.

O primeiro dia de trabalho em uma organização diferente pode ser bastante desafiador para qualquer pessoa, entretanto, o RH poderá fazer desse momento, uma experiência acolhedora para o recém-chegado.

Pensar no processo de adaptação é muito importante para integrar os novos colaboradores de uma forma eficaz e ágil. Isso pode ajudá-los, não só a entrar no ritmo mais rapidamente, mas também a começar da melhor forma a sua relação com a empresa.

Hoje falaremos sobre o onboarding, o processo que promete ajudar à sua organização na integração dos novos colaboradores.

Leia todo o artigo e se prepare para implantar essa prática no seu negócio!

O que é onboarding?

Onboarding é uma forma de socialização organizacional, uma série de procedimentos de integração para os novos contratados de uma empresa. O seu objetivo é que os profissionais na sua fase inicial do emprego se adaptem rapidamente, não só à função, mas também à cultura organizacional, se sentindo parte da nova companhia.

Com um processo de integração eficaz, o novo colaborador poderá começar não só a trazer resultados mais rapidamente para a empresa, mas também será mais fácil conseguir sua permanência nela.

Qual a importância do onboarding de funcionários?

O onboarding tem uma grande importância para o desenvolvimento de uma organização, favorecendo diretamente o Employer Branding. A seguir, veja 3 motivos pelos quais o onboarding é tão importante para a sua gestão de talentos.

Melhora o engajamento dos colaboradores

Por meio das atividades preparadas para a integração dos novos colaboradores, o onboarding facilita o caminho para o recém-chegado e o prepara da melhor forma para mantê-lo motivado na sua nova função.

Isso colabora diretamente com o seu engajamento, resultando em um profissional motivado e comprometido com seu novo lugar de trabalho.

Educa os profissionais recém-chegados

No processo de onboarding, a cultura da empresa é apresentada, isso permite que o profissional seja educado sobre a missão e os valores da companhia, colaborando com seu alinhamento às propostas organizacionais.

Nesse período ele aprenderá sobre como agir em diversas situações, prevendo erros comuns no início da sua carreira na empresa.

Com essa etapa bem realizada é possível preparar o novo contratado para a execução das suas funções com maior segurança, agilidade e acerto, trazendo melhores resultados para a organização. 

Ajuda a reduzir o turnover

A fase inicial de um colaborador dentro de uma empresa é primordial para a criação de um vínculo forte com o lugar de trabalho.

Quando o novo colaborador percebe o compromisso da empresa com os seus funcionários — mesmo os que chegam recentemente — além de se sentir acolhido, se sente seguro. Isso a longo prazo se reflete na sua permanência na organização.

Reter talentos não é nada simples nos dias de hoje, porém, o onboarding pode ajudar nessa tarefa desde o início.

Se turnover for um problema pra você confira esse artigo sobre Retenção de Talentos, pode te ajudar!

Quais são as melhores estratégias do processo de onboarding?

Onboarding: Por que fazer? O que é? Aprenda estratégias

A seguir, lhe mostraremos algumas práticas de onboarding que permitirão que o processo de integração dos novos colaboradores seja realmente eficaz.

Vamos lá!

Comece no processo seletivo

O processo seletivo pode ser um ótimo início para o onboarding. Nesse momento você pode aproveitar para transmitir o máximo de informações para os candidatos, não só da vaga em si, mas também da cultura organizacional.

Você pode começar esse trabalho ao anunciar a vaga e aprofundar as informações no momento da entrevista, isso ajudará também a construir o Employer Branding.

Crie um kit de integração

Um kit de integração pode ter um efeito duplamente positivo. Nele você deve incluir um manual com todas as informações que ele precisará no período de adaptação, tanto sobre a cultura da empresa, quanto os procedimentos básicos para a sua rotina de trabalho. Dessa forma ele poderá consultar o manual a qualquer momento e esclarecer facilmente as suas dúvidas.

Inclua nesse kit um agrado com a logomarca da empresa que seja útil no seu dia a dia. Pode ser um caderno, uma caneca ou o que você estime conveniente. O importante é que ele se sinta valorizado e acolhido pela organização.

Prepare a chegada do novo colaborador

Comunique todos os envolvidos da chegada do novo colaborador, isso inclui o pessoal da recepção, os colegas da equipe e o gestor da área. 

Além disso, cuide que a estrutura do novo contratado esteja apta para recebê-lo. Isso inclui, mesa de trabalho, computador, ramal, e-mail, senhas e tudo que for preciso para que ele possa começar o dia.

Faça um tour por todos os setores da empresa

Para que o recém-chegado se sinta mais confortável e familiarizado com o novo lugar, é importante que conheça todos os setores da empresa e não só o local onde ele irá a trabalhar. Dessa forma é mais fácil ele se sentir parte da organização.

Apresente a alta gestão da empresa

Apresentar um novo colaborador para alguns membros da alta gestão da empresa valoriza muito o recém-chegado, é uma ótima maneira de fazê-lo sentir importante. Uma apresentação rápida é suficiente para que ele se sinta valorizado.

Apresente a equipe de trabalho

Ao chegar ao setor de trabalho é necessário dedicar um pouco mais de tempo, afinal, é nesse lugar que ele passará a maior parte do dia. Apresente o gestor responsável e toda a equipe, além disso, permita que se sinta confortável e incentive uma boa recepção por parte dos colegas. Com o tempo essa prática se tornará algo espontâneo e natural. 

Escolha um colega para ajudá-lo

É importante que o novo colaborador tenha um mentor, um colega mais experiente que possa auxiliá-lo nessa etapa.

O gestor da equipe pode indicar a pessoa mais adequada para essa tarefa e é fundamental que o mentor esteja ciente da importância dessa iniciativa.

O onboarding pode colaborar amplamente com o Employer Branding, além de trazer benefícios diretos para os resultados da organização. Pôr esse processo em prática melhora o ambiente de trabalho e facilita a integração de um novo profissional à sua equipe.

O que você acha? Está pronto para implantar o onboarding na sua empresa? Então compartilhe conosco o que você acha desse processo. Deixe seu comentário!

Onboarding de funcionários na prática

Nada melhor do que ver um processo de onboarding na prática né? Confira essa live que a Alura fez junto com os colaboradores do Nubank.

Aqui na Recrutei amamos as estratégias de Gestão e Pessoas do roxinho e também acompanhamos os conteúdos da Alura!

Paulo Rogério Lázari

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *