Press "Enter" to skip to content

[eBook] Guia do Talent Acquisition

Davi Samuel Valukas Lopes 0

Qual a origem do conceito de talento?

A palavra talento tem origem no latim TALENTUM e é uma unidade monetária utilizada por vários povos da antiguidade, como os gregos, os romanos e os hebreus. Por influência da Parábola dos Dez Talentos, parte do Sermão da Montanha proferido por Jesus Cristo, o termo passou a ser associado a ideias como aptidão, habilidade e criatividade.

Quer saber mais sobre Talent Acquisition? Leia até o final.

O que realmente significa ser talentoso?

Os talentos de um indivíduo podem ser considerados a expressão de sua inteligência emocional, ou ainda a união de sua inteligência emocional com a aptidão para determinadas tarefas. O indivíduo talentoso tem habilidades acima da média, o que o faz conquistar posições em organizações em que empregue tais talentos.

Como a filosofia aborda o conceito de talento?

O Racionalismo considera que a razão é a fonte do conhecimento humano. O Empirismo, por sua vez, considera que a experiência é a fonte do conhecimento humano. Isso significa que, para os filósofos racionalistas, as pessoas nascem com determinadas predisposições, como se viessem com alguns “aplicativos instalados de fábrica”, enquanto os empiristas defendem a ideia da tabula rasa, ou seja, que todos nascemos “zerados” e vamos construindo conhecimentos, habilidades e talentos conforme vamos tendo experiências de vida.

Baixe nosso e-book “Guia do Talent Acquisition” para ter acesso ao conteúdo completo.

Quais as diferenças e semelhanças entre Recrutamento e Talent Acquisition?

É um equívoco considerar os processos de “recrutamento” e de “talent acquisition” como sinônimos. Enquanto o recrutamento é um processo linear na busca de candidatos adequados a vagas e cargos específicos, sendo portanto um processo reativo, o TA é uma abordagem cíclica, voltada à construção de relacionamentos e à nutrição de um pipeline de talentos com visão de longo prazo.

A aquisição de talentos é um processo estratégico, exigindo portanto um planejamento que vai desde um olhar profundo sobre a natureza do negócio até o entendimento de quais as suas necessidades futuras. Além disso, é preciso compreender quais as necessidades de cada segmento da organização em relação às habilidades e competências que cada um deles exige.

Afinal de contas, por que surgiu Talent Acquisition?

Segundo Bárbara Will, responsável pela área de Talent Acquisition da Bayer, o Talent Acquisition é uma reação das empresas à geração que vem emergindo rumo ao mercado de trabalho e que valoriza menos a hierarquia e tem amplo acesso à informação através da internet e das redes sociais.

Quer saber mais sobre Talent Acquisition? Baixe gratuitamente nosso e-book clicando no botão abaixo:

Nesse e-book você terá acesso a

1- Considerações históricas e filosóficas sobre o conceito de talento

2- Diferenças fundamentais entre Talent Acquisition e Recrutamento

3- Talent Acquisition como estratégia competitiva

4- Talent Acquisition e Autoplasticidade

5- Construindo uma boa estrutura de Talent Acquisition

Recrutamento Remoto: esteja preparado para esse novo cenário

Guia do Turnover: gerenciando a rotatividade dos colaboradores do seu time

Guia: Entendendo o Employer Branding

Guia da Avaliação de Desempenho

Metodologias ágeis aplicadas no RH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *